Os perigos da Internet

Todo mundo sabe que a Internet é incrível e facilitou muito a nossa vida em vários aspectos. Mas você já parou para pensar sobre os perigos da internet?

Veja a seguir quais são os perigos da internet mais comuns que nós e nossos filhos estamos expostos e saiba como se proteger deles!

perigos da internet

Os perigos da Internet: conheça os principais riscos para os adultos na Internet

Você sabe quais são os perigos da internet mais comuns que os adultos estão expostos diariamente? Entre tantas maneiras de atacar as suas vítimas, os criminosos cibernéticos – ou seja, aqueles que utilizam o computador e dispositivos eletrônicos para a realização de ações criminosas – adoram roubar ou corromper informações, roubar e vender dados pessoas e identidade de usuários da Internet, atacar sistemas e equipamentos e roubar dinheiro. Suas ações podem ser feitas através de vírus ou phishing.

Os vírus são programas responsáveis por alterar a operação de um computador sem que seja percebido pelo usuário. Tais vírus de computadores podem infectar as máquinas através de mensagens em redes sociais, arquivos anexados em mensagens do correio eletrônico, em aplicativos ou programas da Internet, em sites e propagandas falsas e ao inserir USBs contaminados no seu computador.

Já o termo phishing refere-se à quando o criminoso utiliza outra identidade, seja através de um e-mail, mensagens ou pelas redes sociais, para conseguir roubar informações confidenciais, tal como senha, número de cartão de crédito e débito, por exemplo. As mensagens no correio eletrônico são bastante utilizadas pelos criminosos para captarem suas vítimas, normalmente através de um spam ou mensagens suspeitas.

Os 5 principais perigos que as crianças podem sofrer na Internet

Já com as crianças, os perigos da Internet são um pouco diferentes dos riscos dos adultos. Em muitos casos, crianças e adolescentes podem ficar traumatizados devido a exposição de situações constrangedoras e de má fé no seu cotidiano. Por isso, se você tem filho ou filha, fique atento a qualquer situação suspeita em relação ao computador e redes sociais:

  • Bullying virtual ou cyberbullying: infelizmente, o bullying e o assédio ainda são muito decorrentes entre os perigos da Internet que as crianças e os adolescentes estão expostos. Normalmente, a vítima é alvo nas mídias sociais ou através dos jogos online.
  • Vítimas de golpes: através do download de malware, por exemplo, onde o software é instalado sem o consentimento ou conhecimento da vítima, podendo ser através do phishing ou ao baixar jogos, roubando informações pessoais ou usando a máquina da vítima como um disseminador de vírus.
  • Predadores virtuais: sejam eles sexuais ou não, os predadores virtuais de crianças e adolescentes também estão presentes entre os perigos da Internet. Normalmente, as atuações desses criminosos ocorrem em mídias sociais ou em sites de jogos que são muito atraentes aos jovens.
  • Exposição a conteúdos inadequados: devido a Internet ser um ambiente onde permite a publicação de absolutamente tudo, a falta de monitoramento nos jovens pode permitir a exposição deles a conteúdos inadequados para as suas respectivas idades ou, até mesmo, conteúdos violentos, de discurso de ódio ou sexuais.
  • Grooming: é o pavor de muitos pais ainda nos dias de hoje. O termo faz referência aos criminosos que fingem ser da mesma idade que a vítima a fim de ganhar a confiança dos adolescentes e crianças com o objetivo de abusá-las sexualmente.

Saiba como evitar os principais perigos da Internet

Os perigos da internet estão presentes diariamente em nossas vidas e é preciso muito cuidado para não cair em golpes na Internet. Saiba o que você deve fazer em momentos que se sentir ameaçado ou quando a situação estiver voltada para o seu filho ou filha.

Se você é dono de uma empresa e se preocupa com os dados da firma, procure adotar medidas preventivas seguras através de profissionais especializados em segurança na Internet.

Mas se você é um usuário comum e não quer ter grandes problemas com os perigos da Internet, tente manter os antivírus dos seus aparelhos sempre ativos e atualizados. Evite realizar transações financeiras em redes abertas ou em computadores públicos, assim como evite baixar arquivos que você não tem certeza do conteúdo. Conheça os sites que acessa, saiba o que colocar ou não nas mídias sociais, procure por plataformas seguras e não acesse links que não conheça.

Como devo proteger meu filho?

Os perigos da Internet fazem parte do nosso dia a dia. Por isso, converse bastante com seus filhos e saiba ouvir o que eles querem dizer. O importante não é jugar, xingar ou criticar, mas entender a situação, reconhecer quando estão em perigo e conseguir solucionar o problema sem trazer traumas e situações constrangedoras para as crianças e os adolescentes. Seja sincero com eles quando forem capazes de compreender a situação e monitore as ações das crianças mais novas. Esteja junto com eles e transmita segurança e confiança para que se sintam aptos a conversar com você sobre qualquer assunto.